Menu

Introdução

Definição

A temperatura corporal basal (TCB) é regulada pelo hipotálamo através de termorreceptores periféricos e centrais que respondem ao frio e ao calor. A termorregulação permite que a TCB se mantenha num intervalo relativamente estreito (33.2º - 38.3º C) para que a função fisiológica seja preservada. Assim, perante mudanças da temperatura ambiental (atmosférica) a TCB é equilibrada através de iguais taxas de ganho e de perda de calor corporal:

  • Ganho de calor: pelo calor metabólico produzido por processos bioquímicos e pela energia libertada na actividade física;  
  • Perda de calor: por vasodilatação cutânea através de: a) convecção que mobiliza o calor do interior do corpo para a pele; b) segregação de suor para a superfície cutânea para subsequente evaporação. Este último corresponde a perda de calor corporal para o ambiente e depende de três factores:
    • superfície exposta ao ambiente
    • correntes de ar convectivas à volta do corpo – quando o corpo está quente, as moléculas de ar em contacto com este são aquecidas, reduzindo a sua densidade e permitindo que se elevem e sejam substituídas por ar fresco
    • a temperatura e humidade relativa do ar. Se a humidade for baixa (20%), observa-se uma taxa relativamente alta de arrefecimento corporal por evaporação e melhor tolerância ao calor. No entanto se a humidade for elevada (>80%) há menor taxa de evaporação do suor, limitando significativamente a capacidade de arrefecimento do corpo. Nesta situação, a temperatura corporal vai aumentar sempre que a temperatura ambiente ultrapassar os 34.4º C.

A temperatura corporal apresenta flutuações consideradas normais (< 1º C) ao longo do dia (ritmo circadiano), do mês (ciclo menstrual) e da vida (envelhecimento). São também frequentes variações de temperatura de acordo com o nível de actividade física e estado emocional. Variações> 1º C ocorrem apenas durante estados de doença ou quando as condições ambientais ultrapassam a capacidade de arrefecimento / aquecimento corporal. Assim, desvios anormais da TCB, pela exposição a períodos de calor e / ou frio intensos, representam um desafio aos mecanismos termorreguladores corporais e constituem um elevado risco para a saúde com consequências potencialmente irreversíveis e / ou fatais. As crianças com menos de três anos e as portadoras de doença crónica são um grupo particularmente vulnerável.

Os mecanismos fisiológicos termoregulares apresentam uma capacidade limitada que a termorregulação comportamental não apresenta. Esta última refere-se à forma consciente e intencional que o homem tem de alterar a troca de calor que ocorre com o ambiente. Assim, as alterações comportamentais podem ser extremamente eficazes face a uma alteração da temperatura corporal, particularmente em situações de exposição ao frio onde a vasoconstrição e calafrio têm eficácia limitada.

O que fazer

As medidas preventivas contra o calor incluem:

  • Ingestão regular de líquidos (mesmo sem sede);
  • Refeições leves e mais frequentes;
  • Sempre que possível evitar actividades que exijam esforço físico; caso não seja possível, fazer pausas frequentes em locais frescos e arejados;
  • Permanecer 2-3 h por dia num ambiente fresco ou com ar condicionado;
  • Evitar exposição solar directa sobretudo entre as 11-17.00 h;
  • Uso de roupas largas, leves e de preferência de algodão. C
  • Chapéu, óculos de sol e protector solar sempre que haja exposição ao sol ou ao ar livre;
  • Evitar permanência em viaturas expostas ao sol (parques de estacionamento); ligue o ar condicionado do carro ou abra as janelas;
  • Evitar calor dentro da habitação e usar menos roupa na cama;

As medidas preventivas contra o frio incluem:

  • Manter a habitação aquecida (19-22º C) e usar mais roupa de cama;
  • Evitar exposição prolongada – fazer pausas para aquecimento
  • Manter a actividade física mas evitar arrefecimento com roupa transpirada no corpo; remover roupas molhadas se for o caso;
  • Usar roupa apropriada ou camadas de roupa, cobrindo as extremidades com gorro, luvas e cachecol;
  • Ingestão de líquidos quentes; tomar banho com água morna.

As informações da Pedipedia não substituem nem devem adiar a consulta pessoal com um profissional de saúde qualificado.

Mais informações.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail