Menu

Introdução

Definição

A tosse é um mecanismo de defesa respiratória. Tosse crónica é aquela cuja duração é superior a 4-8 semanas.

Frequência

A frequência da tosse crónica isolada (sem outros sintomas acompanhantes) é de 5 a 10%, em idade pediátrica.

Causa

  • A lista de causas para a tosse crónica é vasta e inclui:
  • Infecções respiratórias
  • Exposição activa ou passiva ao fumo do tabaco
  • Sinusite e doença alérgica: asma; rinite alérgica
  • Doença crónica pulmonar
  • Malformações pulmonares ou cardíacas presentes desde o nascimento
  • Défice imunitário (imunodeficiência)
  • Aspiração de conteúdo alimentar para o aparelho respiratório
  • Tosse psicogénica (psicológica)
  • Tosse relacionada com a toma de medicamentos

Sinais e sintomas

A tosse é um sintoma, podendo ocorrer de forma isolada ou associada a outros sintomas, como: falta de ar (dispneia), dificuldade a respirar, dor no peito (toracalgia), descarga nasal (rinorreia), obstrução nasal, comichão (prurido) nasal, febre, má progressão do peso, perda de peso, falta de apetite (anorexia), cansaço, sudorese nocturna, entre outros.

O que fazer

Todas as crianças com tosse de duração superior a 4 semanas devem ser avaliadas pelo seu médico assistente.

Tratamento

Os medicamentos de venda livre para o tratamento da tosse (entre os quais os xaropes para a tosse) não apresentam qualquer benefício, havendo ainda o risco de causarem efeitos adversos importantes.
Deve ser eliminada a exposição da criança ao fumo do tabaco e a poluentes domésticos.

Quando se estabelece uma causa específica para a tosse, pode estar indicado um tratamento dirigido, que depende do diagnóstico estabelecido e deve ser orientado pelo médico.

Evolução / Prognóstico

A tosse crónica habitualmente tem bom prognóstico, quando a causa é diagnosticada e tratada de acordo com orientação médica.

As informações da Pedipedia não substituem nem devem adiar a consulta pessoal com um profissional de saúde qualificado.

Mais informações.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail