Menu

Introdução

Definição

As malformações dos genitais femininos são anomalias que afetam os genitais externos, vagina ou útero.

Frequência

Estas malformações surgem em 0,4 a 10,8% indivíduos na população geral. No entanto aponta-se a frequência seja superior dado que muitas mulheres  são frequentemente assintomáticas.

Causa

A malformações dos genitais femininos são defeitos congénitos, ou seja, ao nível do desenvolvimento embriológico durante a gravidez.

Sinais e sintomas

Os sintomas mais frequentes são:

  • amenorreia (ausência de menstruação)
  • dismenorreia (dor pélvica aquando período menstrual)
  • dispareunia (dor durante relações sexuais)
  • dor pélvica
  • infertilidade
  • abortamento de repetição
  • parto pré-termo

O que fazer

Perante a suspeita de malformações do trato genital é necessária avaliação por um médico experiente recorrendo a um exame ginecológico e exames imagiológicos complementares como ecografia ginecológica ou ressonância magnética.

Tratamento

O tratamento das anomalias do trato genital feminino depende do tipo de malformação. Determinados defeitos não interferem com a qualidade de vida permanecendo sem sintomas e sem complicações e por isso não necessitam de tratamento. Em determinadas malformações é necessário cirurgia com o objetivo de recuperar a anatomia do útero, vagina ou genitais externos e melhorar os sintomas. 

Evolução / Prognóstico

O prognóstico das malformações do trato genital feminino está dependente da anomalia presente. Com o desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas é possível a correção destas malformações com bons resultados em termos de melhoria da sintomatologia e recuperação da capacidade sexual e reprodutiva.

As informações da Pedipedia não substituem nem devem adiar a consulta pessoal com um profissional de saúde qualificado.

Mais informações.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail