Menu

Introdução

Definição

Laringite aguda consiste na inflamação da laringe e região das cordas vocais que provoca tosse e rouquidão. Por vezes a inflamação pode levar à dificuldade em respirar que se traduz por um som agudo na inspiração chamado estridor.

Frequência

É mais frequente dos 6 meses aos 3 anos com um pico de incidência no 2º ano de vida e no Outono. É também mais frequente no sexo masculino.

Causa

É normalmente uma infecção viral, causada principalmente pelos vírus Parainfluenza.

Sinais e sintomas

A laringite inicia-se habitualmente por um quadro de constipação e febre, que evolui, normalmente em dois dias, para o início súbito de tosse tipo cão/foca, rouquidão, estridor e outros sinais de dificuldade respiratória (respiração acelerada, retracção costal ou balanceio da cabeça).

Os sintomas podem agravar durante o período nocturno, a agitação e o choro e podem aliviar com a exposição ao ar frio.

O que fazer

Deve proporcionar à criança um ambiente calmo, administrar antipiréticos se tiver febre, oferecer muitos líquidos e não insistir com a comida.

Quando ouvir estridor pode expô-la ao ar frio da rua/ ar frio do frigorífico.

Se apresentar sinais de dificuldade em respirar como estridor que não alivia com a exposição ao ar frio, respiração acelerada, balanceio da cabeça, retracção costal, palidez, cansaço ou alteração do comportamento deve dirigir-se a um serviço de urgência.

Tratamento

O tratamento essencial são as medidas de suporte referidas acima: minimizar os factores de agitação, administrar antipiréticos na presença de febre e oferecer muitos líquidos.

Para diminuir a inflamação da via aérea e dependendo da gravidade clínica poderão realizar, em meio hospitalar, uma terapêutica constituída por uma dose única de corticóide oral e/ou adrenalina em aerossol.

Por vezes pode ser necessário internamento, mas só em casos graves.

Evolução / Prognóstico

A sua evolução é auto-limitada podendo ter uma duração de 48h a uma semana. O prognóstico é muito favorável. A necessidade de internamento é pouco frequente e as complicações são incomuns.

Prevenção / Recomendações

Se a criança apresentar sinais de dificuldade respiratória deve ser observada no serviço de urgência.

Deve ter-se especial atenção a crianças com idade inferior a 6 meses ou crianças com o mesmo episódio diversas vezes num curto período de tempo – observação no serviço de urgência.

As informações da Pedipedia não substituem nem devem adiar a consulta pessoal com um profissional de saúde qualificado.

Mais informações.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail