Menu

Introdução

Definição

É uma infeção provocada pelo vírus dengue, que é transmitido aos seres humanos, na quase totalidade dos casos, através de picada de mosquitos. No entanto já foram registrados casos transmitidos de mãe para filho durante a gravidez, ou por transfusão de sangue.

Existe na Ásia, África e América Central e do Sul, mas pode afectar outras regiões do globo terrestre, se ocorrerem alterações climáticas propícias.

Entre a picada do mosquito infectado e o início da manifestação da doença podem decorrer 2 a 15 dias.

Existem 4 tipos de vírus da dengue.

O que fazer

Quando um indivíduo é infectado pela primeira vez com um tipo de vírus da dengue os sintomas são geralmente febre, calafrios, dores nas articulações e nos músculos, dor de cabeça e atrás dos olhos, falta de apetite, enjoo, vómitos, diarreia, sangramento das gengivas e pelo nariz, icterícia e manchas no corpo.

Se o mesmo indivíduo for infetado mais tarde por um vírus dengue de tipo diferente daquele que causou a primeira infecção, os sintomas podem inicialmente assemelhar-se aos da primeira infecção mas depois pode agravar-se, surgindo hemorragia grave, dificuldade em respirar, aumento do volume da barriga, baixa de tensão arterial, fraqueza, convulsões, e mais raramente, inflamação dos testículos, dos ovários e dos olhos, depressão e pneumonia.

A doença é geralmente menos grave nas crianças.

Quando se deve pensar em dengue

Quando há epidemia em curso deve-se pensar em dengue se existem sintomas compatíveis com a doença.

A confirmação laboratorial pode ser feita por várias análises, existindo actualmente testes rápidos.

Tratamento

A Dengue não complicada pode ser tratada em casa com paracetamol para as dores (nunca usar medicamentos contra inflamação, como aspirina, ibuprofeno e outros semelhantes) e ingestão abundante de líquidos.

A Dengue complicada (hemorragias graves, dificuldade respiratória, baixa de tensão arterial, falha de circulação e vários outros sintomas de gravidade) deve ser tratada em internamento hospitalar com os melhores cuidados possíveis, que incluem, entre outros, administração de soros pela veia, oxigénio e transfusão de sangue.

Evolução / Prognóstico

A febre dengue não complicada, que pode ser tratada no domicílio, melhora geralmente no fim de alguns dias. A forma com evolução grave, que acontece em cerca de 20-30% dos casos, pode acabar em morte por falha de circulação.

Prevenção / Recomendações

Como evitar a doença

Combater os mosquitos.

Promover uso de repelentes durante epidemias.

Evitar estar ao ar livre durante o dia, altura em que geralmente o mosquito da dengue está mais activo.

Não existe vacina para a dengue.

As informações da Pedipedia não substituem nem devem adiar a consulta pessoal com um profissional de saúde qualificado.

Mais informações.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail